O estilo de jogo do paraibano Matheus Cunha agrada bastante o técnico Jürgen Klinsmann, que comandou as seleções alemãs, americana e o Bayern de Munique. Atual comandante do Hertha Berlin, o ex-jogador é considerado um dos maiores atacantes que o futebol mundial já teve.

A negociação do paraibano com o Hertha Berlin será na casa dos 20 milhões de euros, algo em torno de 93 milhões de reais, e foi toda conduzida pelo agente Júlio Taran, sócio de Giuliano Bertolucci, que já fez transações para David Luiz (Arsenal), Marquinhos (PSG) e Philippe Coutinho.

Matheus Cunha, que é o artilheiro da seleção sub-23 neste ciclo olímpico, com 11 gols em 13 jogos, chegou ao RB Leipzig na temporada 2018/19, fez até aqui 52 jogos e marcou oito gols.

Na temporada 2017/2018, ele se destacou pelo Sion, fazendo 10 gols em 33 partidas, quando terminou vendido para o RB Leipzig por aproximadamente 66 milhões de reais.

Revelado pelo Coritiba, Matheus nunca atuou profissionalmente no Brasil. Como se trata de uma transferência dentro da Alemanha, o Coxa não vai ser beneficiado com o mecanismo de solidariedade da Fifa, mesmo sendo o clube formador do jogador.

Globoesporte.com