A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) vai antecipar as taxas de arbitragem para os três árbitros e seis assistentes paraibanos pertencentes ao quadro nacional, que atuaram em competições nacionais na última temporada. A medida foi anunciada na última terça-feira, contempla todas as federações e acontece em função da paralisação no futebol brasileiro por tempo indeterminado, em virtude da pandemia do novo coranavírus.

Os beneficiados vão receber a antecipação de uma das taxas programadas para algum momento da temporada, que está calculada a partir do maior valor pago pela entidade máxima do futebol brasileiro para suas categorias correspondentes. O suporte também contemplará atendimento psicológico, aulas teóricas por videoconferência e orientações visando o condicionamento físico durante o período de pausa nas atividades.

ÁRBITROS BENEFICIADOS:
Marcelo Aparecido de Souza
Tiago Ramos
Wagner Reway

ASSISTENTES BENEFICIADOS:
Kildenn Tadeu Morais de Lucena
Luís Filipe Gonçalves
Oberto Santos
Paulo Ricardo Alves
Ruan Neres
Schumacher Marques

Dentre os árbitros que irão receber antecipadamente as taxas de arbitragem da CBF é Tiago Ramos, renomado árbitro e conhecido por atuar em grandes competições amadoras de futebol na região do Cariri paraibano. Tiago recentemente esteve apitando as finais dos campeonatos de futebol amador nos municípios de Boa Vista e Cabaceiras.

Na Paraíba, são, no momento, 18 nomes do quadro nacional – registrados no site da CBF -, entre árbitros e assistentes que fazem crescer a representação paraibana na arbitragem nacional em todas as divisões, além de competições nacionais de futebol feminino e das categorias de base. O árbitro Wagner Reway e Oberto Santos, que é bandeirinha, comemoraram a ação da entidade em prol da categoria.

Os valores são os seguintes:

ÁRBITRO FIFA/MASTER: R$ 5.000

ASSISTENTE FIFA/MASTER: R$ 3.000

SÉRIE A

  • ÁRBITRO: R$ 3.600
  • ASSISTENTE: R$ 2.160

SÉRIE B

  • ÁRBITRO: R$ 2.600
  • ASSISTENTE: R$ 1.560

SÉRIE C

ÁRBITRO: R$ 1.400

ASSISTENTE: R$ 840

SÉRIE D

  • ÁRBITRO: R$ 975
  • ASSISTENTE: R$ 585

CATEGORIAS DE BASE E FUTEBOL FEMININO

  • ÁRBITRO: R$ 700
  • ASSISTENTE: R$ 420

TREINAMENTO À DISTÂNCIA

Com a pausa nos jogos do Campeonato Paraibano, a Comissão Estadual de Arbitragem de Futebol da Paraíba (Ceaf-PB), regida por Arthur Alves, presidente da entidade, seguem um processo intenso de capacitação à distância. É que todo o quadro paraibano recebe, desde o último dia 23, treinamentos voluntários através de vídeos e de atividades físicas instruídos por um profissional.

Cariri Esporte

Com Globoesporte.com/PB