Botafogo-PB é condenado pelo STJD a pagar multa por iluminação ruim do Almeidão

O Botafogo-PB foi julgado mais uma vez pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), por causa da iluminação precária do Estádio Almeidão. Na primeira audiência, no dia 2 de julho, o Belo foi absolvido pelos auditores da 5ª Comissão Disciplinar, mas nesta terça-feira (14), a 3ª Comissão Disciplinar do órgão decidiu por uma multa de R$ 200 para o clube paraibano. A informação foi repassada ao Entre Linhas pela secretaria do STJD e ainda cabe recurso desta decisão.

A ação foi provocada pelo relato do árbitro Alinor Silva da Paixão, de Mato Grosso, na súmula da partida entre Botafogo-PB e Altos-PI, pela 5ª rodada da Série C. Ele colocou no documento oficial da partida o seguinte relato: “Informo que a iluminação é deficiente em alguns pontos do campo”.

A punição se baseia no Art. 191 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que fala sobre “deixar de cumprir, ou dificultar o cumprimento” de algo, relacionado ao desporto. No caso em questão, a procuradoria da 3ª Comissão Disciplinar entendeu, de acordo com o relato do árbitro na súmula do jogo, que a responsabilidade por zelar pelas condições do ‘palco de jogo’ seria do Botafogo-PB, mandante na partida em questão e que aponta a referida praça esportiva como sua sede para os jogos.

No julgamento realizado no início de julho, referente à súmula do jogo entre Botafogo-PB e Ferroviário-CE, válido pela Série C do Campeonato Brasileiro, alguns auditores votaram pela absolvição do time paraibano, com a justificativa de que: 1) o estádio pertence ao Governo do Estado da Paraíba; 2) este não era o primeiro jogo do ano realizado no estádio; 3) o relatório do delegado do jogo apontava que a iluminação estava em condições de jogo.

A Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) afirmou que na semana passada foi feito um reparo na iluminação do Almeidão, com a reposição de seis lâmpadas que estavam queimadas.

Com Jornal da Paraíba/Entre Linhas