Campinense vence Sergipe nos pênaltis e avança à terceira fase da Série D

O Campinense mais uma vez contou com a grande fase do goleiro Mauro Iguatu, na temporada. Depois de brilhar na conquista do Estadual, o camisa 1 garantiu neste sábado o Campinense nas oitavas de final (terceira fase) da Série D do Brasileiro, ao eliminar o Sergipe nas penalidades máximas.

No tempo normal, os dois times empataram novamente, desta feita por 1 a 1. Fábio Lima marcou para os raposeiros e Henrique Bahia fez para os sergipanos.

Nas cobranças do tiro livre da marca do pênalti, a Raposa levou a melhor, com a vitória por 4 a 2. Mauro Iguatu defendeu duas cobranças e marcou o tento que colocou o Campinense na terceira fase do torneio.

Agora, a Raposa vai enfrentar o vencedorr do duelo entre Galvez-AC x Guarany de Sobral. Os dois times decidem a vaga na segunda-feira. No primeiro duelo, empate por 0 a 0.

O JOGO
Assim como no jogo da ida, o Campinense dominou o Sergipe durante o primeiro tempo. Em casa, o time raposeiro não demorou muito para abrir o placar no Amigão.

Logo aos 3 minutos, Cláudio acionou Fábio Lima dentro da área, mas a bola pegou no braço de Hitalo Rogério. Pênalti. Na cobrança, Fábio Lima bateu cruzado sem chances para o goleiro Igor Rayan.

Dono das ações, a Raposa perdeu a chance de ampliar o marcador aos 21 minutos. Fábio Lima, sozinho dentro da área, finalizou por cima do gol do Sergipe.

O Gipão respondeu em seguida. Ageu recebeu na entrada da área, e bateu firme no canto do gol de Mauro Iguatu, que se esticou todo para fazer uma bonita defesa.

Aos 42 minutos, o Campinense perdeu outra boa chance. Cláudio, livre dentro da área finalizou para fora, aquele que seria o segundo dos raposeiros.

SEGUNDO TEMPO
Na etapa final, o Sergipe voltou com Henrique Bahia em lugar de Hitalo Rogério. A Raposa não mudou. No reinicio do jogo, o time rubro-negro perdeu outro gol feito, novamente com Cláudio.

O Sergipe respondeu com perigo aos 14 minutos. Da Silva invadiu a áreae tocou para Paulinho, que chutou o Mauro Iguatu fez a defesa, salvando o time do empate.

Tal como no jogo do Batistão, o Sergipe passou a dominar o Campinense no segundo tempo. E depois de disperdiçar boas chances, o time visitante acabou chegando ao empate aos 40 minutos, com Henrique Bahia, de cabeça.

Aos 46 minutos, a Raposa quase marca. Dione finalizou da entrada da área, obrigando o goleiro Igor Rayan e fazer uma grande defesa. Com o novo empate, a decisão da vaga foi para as penalidades máximas. E quem se deu bem foi a Raposa, que venceu por 4 a 2.

Ficha Técnica

Campinense
Mauro Iguatu, Felipinho, Michel Bennech, Itallo e João Victor; Rafinha, Patrick (Serginho Paulista), Marcelinho (Weverton) e Fábio Lima (Vitinho); Matheus Régis (Marcos Nunes) e Cláudio (Dione). Técnico – Ranielle Ribeiro
Sergipe
Igor Rayan, Paulo Fernando (Da Silva), Lazarini, Pit e Elivelton (Erick Bahia); Ageu, Hitalo Rogério (Henrique Bahia), Ninho Xavier (Luzinho) e Doda; Paulinho e Júlio Lima. Técnico – Elias Borges
Gols – Fábio Lima (C), aos 5min do 1ºT, Henrique Bahia (S), aos 40min do 2ºT
Cartão amarelo -Felipinho (C)
Árbitro – Roger Goulart (RS)
Assistentes – Fabricio Lima Baseggio e Tiago Augusto Kappes Diel (RS)

Penalidades:
Sergipe – Doda (marcou), Paulinho (perdeu), Luizinho (marcou), Júlio Lima (perdeu)
Campinense – Dione (marcou),Michel Bennech (marcou), Rafinha (marcou), Mauro Iguatu (marcou)

Cariri Esporte

PB Online / Foto: Ascom Campinense