Com caririzeiro no gol, Athletico conquista a J. League/Conmebol e leva premiação milionária

 O técnico Tiago Nunes destacou a importância do título da J. League/Conmebol para elevar o nível do Athletico no cenário do futebol. O Furacão conquistou a taça ao fazer 4 a 0 no Shonan Bellmare na manhã desta quarta-feira (noite no Japão) no Shonan BMW Stadium Hiratsuka.

“Para mim, tem uma representatividade muito grande. É o terceiro título meu pelo Athletico Paranaense, é o segundo título internacional. Para mim, significa que estamos no caminho correto para transformar o Athletico Paranaense em um clube internacional que ele deseja ser.

O J. League/Conmebol reúne os campeões da J. League e da Sul-Americana. O torneio, que antes era conhecido como Copa Suruga, é disputado desde 2008. Com o título rubro-negro, japoneses e sul-americanos estão empatados no histórico, com seis títulos para cada.

É um torneio com duas equipes que são campeãs, mereceram estar, então é sinal que estamos no caminho certo. Pessoalmente, tem um significado muito grande porque é fruto de quase 20 anos de esforço profissional para chegar a este nível e poder competir com os melhores”.

Com a goleada na decisão da J. League/Conmebol, Tiago Nunes conquista o terceiro título no comando rubro-negro. Antes, o treinador já tinha ajudado o Athletico a levantar o Campeonato Paranaense de 2018 (com o time de aspirantes) e a Sul-Americana de 2018.

O próximo compromisso do Athletico será contra o Botafogo, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida está marcada para as 16h (horário de Brasília) de domingo, no Nilton Santos,

Na sequência, o Furacão já visita o Grêmio pela partida de ida da semifinal da Copa do Brasil – esse jogo será quarta-feira que vem, às 21h30, na Arena do Grêmio (veja a agenda completa abaixo).

Até por isso, Tiago Nunes vai poupar os titulares contra o Botafogo. Nomes como Lucas Halter, Léo Cittadini, Bruno Nazário, Vitinho e Thonny Anderson devem ganhar uma chance no Nilton Santos.

Premiação

Campeão da taça J. League/Conmebol, o Athletico leva 900 mil dólares (R$ 3,5 milhões na cotação atual) em premiação. O Shonan Bellmare, vice, fica com 770 mil dólares (R$ 3 milhões).

Cariri Esporte

Com Globoesporte.com