Convocado para a Seleção Olímpica, goleiro paraibano Santos é vacinado contra a Covid-19

Convocado para a disputa dos Jogos Olímpicos de Tóquio com a Seleção Brasileira, o atleta paraibano Santos foi vacinado na manhã desta segunda-feira (5), em São Paulo (SP). Além de Santos, o atleta Abner do Athletico-PR também tomou a vacina.

No Comitê Paraolímpico Brasileiro, eles foram acompanhados do médico do Clube, Paulo Puccinelli. Os jogadores encontraram a delegação athleticana ainda na capital paulista e estarão disponíveis para a partida desta terça-feira (6), contra o Santos, pelo Brasileirão.

Paulo Puccinelli, inclusive, será outro representante athleticano nas Olimpíadas. Ele foi chamado para compor a delegação do Time Brasil, que acompanhará atletas brasileiros de todas as modalidades nos jogos em Tóquio.

Cria do CT do Caju, o defensor já tem três convocações pela seleção principal, em 2020. Porém, o goleiro não chegou a atuar em nenhum dos jogos (Senegal, Nigéria, Argentina). Nesta temporada, o defensor entrou em campo 12 vezes pelo time athleticano e só sofreu um gol.

Aderbar Melo dos Santos Neto, conhecido por Santos, de 31 anos, é um dos três nomes acima dos 24 anos para a competição. Além dele, o lateral-direito Daniel Alves e o zagueiro Diego Carlos foram os outros convocados. Santos é paraibano da cidade de Cabaceiras.

Recentemente, o técnico André Jardine rasgou elogios ao goleiro Santos, do Athletico. O camisa 1 do Furacão está na lista da convocação da seleção brasileira para as Olimpíadas de Tóquio e deve ser o titular da equipe. Na visão do treinador, o jogador de 31 anos sofre com a forte disputa com Alisson, Ederson e Weverton, mas tem nível para ser lembrado por Tite.

Cariri Esporte

Foto: Alê Cabral/Comitê Paralímpico Brasileiro