Envolvente em campo, Botafogo-PB vence Paysandu fora de casa e vira líder na Série C

Talita Gouvêa/ Ascom Botafogo

A segunda rodada do Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro foi encerrada na noite desta segunda-feira (07) com a partida entre Paysandu x Botafogo-PB. E mesmo jogando na Curuzu, o time pessoense foi soberano durante os 90 minutos e marcou no fim de cada tempo, com Welton e depois Marcos Aurélio, e venceu no Pará pela primeira vez na história. O placar do jogo ficou em 2 a 0 para o time da estrela vermelha.

Sem contar com os reforços contratados no fim da última semana, o treinador Gerson Gusmão resolveu modificar o meio-campo botafoguense, tirando Marcos Aurélio do time titular e recolocando Pablo em seu lugar, formando dupla de volante com Amaral e deixando Juninho com mais liberdade para chegar na frente. E foi com essa movimentação que o Belo dominou a partida do início ao fim.

Depois de muita chuva na capital paraense, o gramado ficou escorregado e o jogo bastante truncado. E o piso deslizante deixa uma preocupação. Aos 18 minutos, o zagueiro Fred caiu e sentiu uma lesão no joelho direito, o mesmo que foi operado e o tirou de combate desde setembro do ano passado até o fim de abril deste ano. Ele foi substituído por Daniel Felipe.

Aos 25 minutos, a primeira grande chance botafoguense. Welton Felipe pegou no meio-campo e fez jogada individual deixando dois marcadores para trás na velocidade e chutou da entrada da área no canto direito de Victor Souza, que espalmou para escanteio. Na cobrança, Clayton mandou na conta certa de Willian Machado, que desviou de cabeça e a bola tirou tinta da trave esquerda do time da casa.

O Belo tinha as chances mais perigosas e aos 33 minutos foi a vez de Luã Lúcio avançar em velocidade pela direita e procurar Clayton no meio da área. O camisa 7 tentou bater firme de direita, mas pegou mal na bola, que passou a direita da meta.

E de tanto insistir, o gol saiu. Aos 45 minutos, Luã Lúcio recuperou a bola no campo de ataque e passou para Welton Felipe, que da entrada da área chutou de canhota, no canto esquerdo do goleiro, se aproveitando que a velocidade devido ao campo molhado, e abriu o placar na Curuzu.

Segundo tempo

A mudança de postura no Botafogo-PB era visível, como prometida por Gerson Gusmão na preparação para o jogo, e logo aos 5 minutos, mesmo com a vantagem no marcador, Clayton recebeu na intermediária e chutou forte de canhota, obrigando o arqueiro paraense a se esticar todo para desviar a bola para escanteio.

Em cobrança de falta aos 12 minutos, Clayton mandou com categoria buscando o ângulo direito de Victor Souza, mas a bola subiu um pouco e passou próximo ao travessão.

A primeira chegada perigosa dos donos da casa veio só aos 16 minutos. Bruno Collaço cobrou falta da esquerda e Bruno Paulista por muito pouco não chegou para completar de cabeça e deixar tudo igual.

O Paysandu tentava pressionar na base do abafa e por pouco não conseguiu o empate aos 37 minutos, quando Marcelo cruzou da direita e Nícolas apareceu sozinho na pequena área, mas furou o chute e desperdiçou grande chance.

Com um elenco mais curto após o grande número de saídas, o Botafogo-PB vai ter um desfalque muito significativo na próxima partida pois Clayton, depois de ser substituído, recebeu cartão vermelho por reclamação.

E aos 43 minutos, o Belo teve a chance de matar o jogo. Maurinho recebeu lançamento de Gabriel Araújo e ficou de cara com o goleiro adversário. Ele bateu colocado, de canhota, mas telegrafou o chute e o arqueiro conseguiu espalmar a bola para escanteio.

E deu tempo sair o segundo. Aos 49, Maurinho novamente recebeu em velocidade, mas desta vez ele esperou a chegada de Marcos Aurélio e tocou na esquerda para o camisa 10, que demonstrou toda habilidade de seus melhores tempos, fintou Victor Souza e chutou de canhota. Denilson ainda tentou tirar em cima da linha, mas a bola entrou, fechando o placar da partida.

A vitória deixa o Botafogo-PB na liderança do Grupo A, com 4 pontos, assim como Floresta-CE e Ferroviário-CE. O time volta a campo no domingo (13), quando enfrenta o Volta Redonda, às 16h, no estádio Almeidão. O Paysandu segue com 1 ponto e fica na oitava posição. O Papão joga na próxima rodada contra o Jacuipense, no sábado (12).

Cariri Esporte

Voz da Torcida