Ex-Campinense, atacante Rodrigão é o novo reforço da Ponte Preta-SP

Foto: Ivan Storti/Santos FC

O Santos definiu o destino do atacante Rodrigão para a sequência da temporada. Ele vai defender a Ponte Preta por empréstimo até o fim da Série B do Brasileiro.

O acerto foi fechado na manhã desta terça-feira, e o jogador é esperado em Campinas nas próximas horas para realizar exames médicos e assinar contrato. Pelo acordo, a Ponte arcará com parte dos vencimentos – a maioria do valor do salário ainda ficará a cargo do Santos.

Desde que voltou do Avaí, no início da atual temporada, Rodrigão vinha treinando em separado do restante do elenco do Peixe na maior parte do tempo. O vínculo entre as partes vai até maio de 2022.

Ele não atua desde 29 de dezembro do ano passado, no jogo entre Avaí e CRB, pela Série B. Foram apenas seis jogos nessa segunda passagem pelo Avaí, sem nenhum gol. Ele também defendeu o Ceará em 2020 e marcou uma vez em nove partidas.

O melhor momento da carreira foi em 2019, quando fez 21 gols em 42 partidas pelo Coritiba, onde foi o artilheiro da campanha do acesso à elite nacional, mas acabou afastado pelo então técnico Jorginho na reta final por “problema interno”.

Aos 27 anos, o atacante é um sonho antigo da Ponte Preta – o clube já tinha tentado a contratação em outras oportunidades, como em dezembro de 2018, por exemplo.

Agora, a situação avançou, e Rodrigão chega para ser o “camisa 9” que a diretoria alvinegra buscava desde o fim do Campeonato Paulista diante do desempenho abaixo do esperado de Paulo Sérgio. Hernane Brocador e Rafael Moura foram outros nomes avaliados pelo clube.

Além de Rodrigão e Paulo Sérgio, o elenco da Ponte conta com João Veras e Josiel para a função de centroavante – Josiel está isolado após ter testado positivo para Covid-19.

O currículo de Rodrigão também tem passagens por Democrata-MG, Boa Esporte-MG, Bahia e Campinense-PB, clube na qual foi campeão da Copa do Nordeste em 2016 e um dos artilheiros do Brasil daquela temporada.

Cariri Esporte

Com GE