Com Santos no gol, Athletico vence o Inter no Beira Rio e conquista o título inédito da Copa do Brasil

O Athletico Paranaense é campeão da Copa do Brasil de 2019. A conquista foi nessa quarta-feira (dia 18) à noite, no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, com a vitória por 2 a 1 sobre o Internacional, na partida de volta da final. No jogo de ida, em 11 de setembro, na Arena da Baixada, o time paranaense venceu por 1 a 0. Com isso, só precisava do empate para garantir o título em Porto Alegre.

O gol como visitante não é critério de desempate na competição. A equipe gaúcha precisava vencer por dois ou mais gols de diferença para ficar com a taça.

TELÃO E MUITA TORCIDA PARA O GOLEIRO SANTOS EM CABACEIRAS

Familiares, amigos e conterrâneos do Goleiro Santos assistiram a grande finalíssima e por fim, comemoraram com muita festa o título inédito da Copa do Brasil na rua dos familiares do Goleiro Santos em Cabaceiras, interior da Paraíba.

Após o apito final, o céu da cidade de Cabaceiras ficou iluminado com os inúmeros fogos de artifícios que foram soltados pelos amigos e os conterrâneos cabaceirenses.

HISTÓRICO
O futebol paranaense nunca havia conquistado a Copa do Brasil, criada em 1989. O Athletico chegou perto em 2013, quando acabou como vice, após perder a decisão para o Flamengo. O Coritiba foi duas vezes vice-campeão do torneio. O Inter conquistou o título uma vez, em 1992.

Agora, o Athletico soma 31 títulos importantes na história: um Brasileirão, uma Copa Sul-Americana, uma Copa do Brasil, uma ex-Copa Suruga (J.League YBC Levain Cup/Conmebol Sudamericana Championship), uma Seletiva da Libertadores, uma Série B do Brasileiro e 25 estaduais.

Esse foi o terceiro título do técnico Tiago Nunes no comando do Athletico: Paranaense 2018, Copa Sul-Americana 2019 e Copa do Brasil 2019.

PRÊMIOS
Com a conquista, o Athletico terminou a Copa do Brasil com R$ 64,3 milhões: R$ 2,5 milhões pelas oitavas de final, R$ 3,1 milhões pelas quartas, R$ 6,7 milhões pela semifinal e R$ 52 milhões pela vitória na final.

Além da premiação em dinheiro, o clube paranaense ganhou uma vaga na Copa Libertadores de 2020, direto na fase de grupos, e também tem o direito de disputar a Supercopa 2020, contra o campeão brasileiro de 2019.

ARTILHEIROS
Os gols da vitória foram marcados pelo meia Léo Cittadini, que agora soma três gols em 21 jogos pelo clube, e pelo ponta Rony, que tem 7 gols em 32 partidas pela equipe.

Os artilheiros da Copa do Brasil 2019 foram Guerrero (Inter), Pipico (Santa Cruz) e Luciano (Fluminense), com cinco gols cada. Os goleadores do Athletico na competição foram Rony e o centroavante argentino Marco Ruben, com dois gols cada.

Cariri Esporte

Com Bem Paraná