Treze cede empate ao Manaus-AM nos acréscimos e jogo termina em confusão

0
5

A história se repetiu. O Treze mais uma vez esteve perto de conquistar a primeira vitória, mas acabou permitindo o empate do adversário no finalzinho da partida.

Na partida desta segunda-feira, na Arena Amazônia, o Galo vencia o Manaus-AM por 1 a 0, mas tomou o empate aos 52 minutos do segundo tempo, gerando uma grande confusão.

Isso porque, o árbitro paulista Ilbert Estevam da Silva deu dez minutos de acréscimos. Na confusão, a polícia chegou a acalmar os ânimos entre os jogadores.

Ainda em meio o tumulto, o árbitro deu cartão vermelho para Gilmar, no banco de reservas. Antes, Marcos Vinícius havia sido expulso dentro de campo.

O estreante Gilvan marcou para o Treze, aos 8 minutos do segundo tempo, enquanto que Matheusinho anotou o tento do time amazonense, o que gerou revolta dos trezeanos. Após o gol, o jogo ficou paralisado, mas depois o árbitro paulista deu por encerrado.

PB Online/ Foto: Ascom Treze